estandal com sutiãs

Sutiãs para as mais variadas ocasiões

Conforme o seu corpo, existem alguns tipos de sutiãs que você deverá ter sempre no seu armário. Quer seja para atender um jantar glamouroso, um casamento, para uma noite romântica com seu companheiro, para fazer exercício ou simplesmente para sentir-se confortável numa noite chuvosa de inverno, convém ter uma variedade de sutiãs que permita escolher o mais adequada para cada ocasião.

Antes de listarmos que tipo de sutiã deverá usar consoante a ocasião, convém conhecer bem que tipo de peito você tem:

  • Firme: normalmente em seios não muito grandes, apresenta-se quase nenhuma flacidez.
  • Junto: a localização dos dois bicos é bem centralizada, normalmente associado a peitos com silicone ou para seios bem firmes.
  • Espalhado: mais frequente em peitos muito grandes, a distribuição dos acaba por ser mais lateral, em alguns caso ultrapassa a largura das costas
  • Flácido: geralmente associado ao período pós-amamentação, após casos de emagrecimento, ou relacionado com seios grandes que acabam por ser muito pesados.
  • Caído: muito parecido ao peito flácido, no entanto pode ter vários graus de peitos caídos dependendo de onde se localiza a região do bico (aréola), se muito abaixo da dobrinha do peito com a barriga.

Algo que deverá ter em conta, será também o volume do seu peito para além dos formatos enumerados em cima. Tem um peito com um volume pequeno (não faz a dobrinha no fim do seio), grande (passa a dobrinha do seio com a barriga e não consegue enchê-lo na palma da sua mão) ou algo intermédio (preenchido quando faz uma conchinha com a sua mão)?

sutião branco

Agora que já sabe identificar o seu peito em termos de formato e volume (se necessitar de medir efetivamente o seu peito deverá medir a circunferência do tórax e dos seus seios), existem vários tipos de sutiãs que poderá escolher, mais comuns no mercado atualmente:

  • “Tomara que caia”: principal diferença de outros tipos, não tem alças. Não aconselhável a quem tem seios muito pesados
  • Nadador: com boa sustentação e confortável, é indicado para os mais variados formatos e volumes de seios
  • Push-up: para levantar, juntar e dar mais volume ao busto
  • Triângulo: ajusta-se naturalmente ao seio, acomodando o busto sem aumentá-lo, trazendo conforto 
  • Balconê: similar ao “meia-taça”, mais indicado para peitos pequenos e/ou médios
  • Cobertura total: geralmente para bustos pesados e grandes, traz sustentação e conforto
  • Meia-Taça: se deseja mostrar o decote mas com conforto, este sutiã cobre parcialmente os seios

Sabendo que tipos de sutiã são mais comuns no mercado, deverá agora questionar aquilo  que deseja e com que objetivo final usará cada tipo de sutiã:

  • Deseja disfarçar alguma flacidez, gordura nas costas ou axilas?
  • Pretende aumentar o seu tipo de peito, levantar um peito mais caído?
  • Ou mesmo diminuir um peito por si só já grande?

Algo importante que deixo para aprofundar numa futura publicação:

Combinação entre tipos de sutiã e tipo de decote proveniente da sua vestimenta, algo tão importante num dress code, tanto quanto conhecer o formato do seu peito e tipos de sutiã existentes.